Qual celular comprar: o que não te contam




Comprar celular não é tarefa fácil às vezes. Por isso, a gente queria elaborar um artigo direto ao ponto e que realmente ajudasse você nessa missão.


Sem blá, blá, blá e um monte de números estranhos.



Um disclaimer antes de começarmos: Para podermos indicar o celular ideal para você, precisaríamos conhecer você, seu estilo de uso e o que você precisa.


A gente criou uma ferramenta perfeita para isso. Clique aqui. Com ela, a gente pode conhecer você melhor e fazer a recomendação perfeita.





RESUMO:


Nesse artigo falamos sobre o que você precisa ter em mente na hora de comprar um celular, quais armadilhas evitar e como direcionar sua pesquisa da maneira correta. Nosso objetivo é que ao fim dele você saiba quais são os próximos passos a serem dados.




QUAL CELULAR COMPRAR: O QUE VOCÊ PRECISA PENSAR ANTES


Ok, uma das coisas mais importantes na hora de tomar a melhor decisão possível na hora de comprar um celular é decidir o que você mais precisa.


Dependendo da faixa de preço que você busca, é difícil conciliar vários itens de alta qualidade (como câmeras, performance, bateria e tela). Ou seja, talvez a tela seja muito boa, mas o processador não é tão rápido.


O motivo para isso é que as fabricantes precisam cortar alguns custos na hora de fabricar um aparelho mais barato.


Se, por outro lado, você está na busca por algo um pouco mais caro, a partir dos R$3000-R$3500, essas trocas passam a ser menores. Ou seja, você consegue encontrar aparelhos com um equilíbrio melhor entre as peças.


Com isso em mente, podemos começar a decidir melhor qual celular comprar. Conseguimos eliminar aparelhos que não têm a câmera que queríamos ou o tamanho certo, por exemplo.




PRIMEIRO PASSO: IGNORAR OS ANÚNCIOS

Uma parte muuuuito importante do seu processo de compra é tentar ignorar os anúncios feitos pelas fabricantes.


Sério, a maioria deles apenas ajuda a confundir mais. Destacando coisas como megapixels de câmera (como se essa fosse a única métrica relevante) ou compatibilidade com tecnologia 5G.





(Escrevemos um artigo completo sobre tecnologia 5G, dá uma olhada: clicar aqui e ler.)


O que quero dizer é o seguinte: os comerciais fazem com que você foque em coisas desnecessárias torcendo para que você não perceba os defeitos do aparelho.


Por isso, nossa primeira recomendação é que você ignore a maioria (ou todos) comerciais. Procure pensar no que você mais precisa em um celular e quanto você pode investir agora.


Caso a dúvida seja muuuito grande, você pode conferir a ferramenta que criamos e que ajuda você a encontrar o celular perfeito


E, com isso, vamos para o próximo passo.




TENHA ISSO EM MENTE AO COMPRAR UM CELULAR


Essa seção é especial para quem busca um aparelho custo benefício, até os R$1700.


Quero comentar com você algo importante e que dá mais importância ainda para aquilo que falamos antes de pensar bem sobre quais características você precisa.


Alguns exemplos clássicos de troca nessa faixa de preço seriam: aparelhos com bateria muito grande e telas meio lavadas (cores não muito boas), câmera versátil e bateria pequena, tela muito boa e processador ultrapassado e por aí vai.


Quando você tem bem definido o que está disposto a sacrificar e o que não está, o processo de seleção pode ser um pouco menos árduo.


Ainda sim, com um mar de modelos parecidos em tantas coisas, pode ser meio desafiador tentar selecionar o certo.


Por isso, se precisar do modelo certo, fale com a gente. Temos um sistema super simples que ajuda você a encontrar exatamente aquilo que estava procurando. Clique aqui e conheça.






OS NÚMEROS NA HORA DE COMPRAR UM CELULAR


Talvez o número mais importante na hora de comprar um celular seja aquele logo depois do R$.


Masss, além desse existem outros números importantes como, por exemplo, o número de lentes na câmera, a voltagem do processador, o número de núcleos do processador, a capacidade da bateria, entre outros.


Cada um deles com uma métrica diferente.


Se, por um lado, comprar o aparelho porque ele é bonitinho faz sentido, comprar pensando na lógica e no seu tipo de uso também faz.


Um celular bonito nem sempre é tão útil. Ou seja, às vezes ele pode acabar irritando você e não valendo a pena.


(mesmo sendo super lindo.)





O melhor a fazer nesses casos é: pedir ajuda para algum conhecido que entenda sobre celular ou ir até a nossa página inicial (clicando aqui) e conhecer um pouco mais sobre como ajudamos você a encontrar o celular ideal.


Claro que é importante comprar um celular pensando na aparência dele, afinal você vai precisar olhar pro negócio todos os dias por um um bom tempo.


Mas quero fazer o contraponto de que comprar apenas por isso provavelmente será um problema. Apenas preste atenção nas campanhas de marketing e em como elas enfatizam essa parte.





A grande maioria das pessoas não sabe como interpretar as especificações e, por consequência, se aquele modelo satisfaz suas necessidades de uso.


Mas todo mundo consegue ver o quão bonito o celular é. Faz sentido da perspectiva de vendas.





PESQUISA DE MERCADO


Agora que você já tem em mente o que procura e o preço que gostaria de pagar por isso, vamos comparar modelos.


Essa é a parte mais trabalhosa do processo. Encontrar o maior número de aparelhos possíveis que se encaixam naquelas características que você mais precisa.


É importante ter em mente como você usa seu aparelho. Aqui vai um checklist básico.


  • Eu jogo games pesados

  • Eu tiro muitas fotos

  • Faço muitos vídeos

  • Uso vários aplicativos ao mesmo tempo

  • Assisto muitas séries e/ou filmes

  • Edito fotos todos os dias

  • Uso, basicamente, só redes sociais




Cada uma dessas atividades vai usar mais uma ou outra parte central do celular (tela, câmera, processador, bateria). Ou seja, algumas vão usar mais as câmeras, outras o processador ou mesmo a tela.


Algumas dessas atividades requerem características semelhantes do celular como, por exemplo, jogar games pesados e ter um aparelho super rápido para o dia a dia.


Ambas exigem do processador.


Logo, se você precisa de um deles ou dos dois, é interessante investir em um celular com processador mais rápido.


Apenas tenha em mente que se você estiver procurando abaixo dos R$2000 provavelmente terá um sacrifício na qualidade da tela e câmeras.


Ela - provavelmente - não será horrenda. Apenas não será a melhor naquela faixa de preço.


Se você é mais de chegar em casa depois do trabalho ou da aula e assistir um Netflix ou algo no Youtube, não é de processador que você precisa.


Nesse caso, sacrificar o processador em detrimento de uma tela melhor pode (e deve) ser o caminho a seguir.


Além disso, uma bateria grande também deve ser levada em conta, já que a tela é o componente que mais gasta bateria em um celular.


Muitas vezes, não será apenas um único item que você precisa se fixar. Como nesse último exemplo, é importante ficar de olho em dois: tela e bateria, pois ambas "farão" sua experiência de uso.


Uma combinação dos dois itens ajuda você a fazer aquilo que precisa/ gosta da melhor maneira possível naquela faixa de preço.




QUAL CELULAR BARATO COMPRAR EM 2020


Como a gente comentou antes, fica muuuito difícil recomendar o celular ideal sem conhecer você. Por isso, vamos tentar dar algumas ideias.


Ok, vamos à algumas sugestões que podem ajudar você nessa jornada.


Primeiro, como dissemos lá no começo, um celular barato precisa fazer alguns sacrifícios, entregando um pouco mais de uma coisa e menos de outra.


Por isso, alguns dos cortes mais severos acontecem nessas partes do celular:



  • Câmera

  • Tela

  • Processador

  • Construção



Essas são as partes mais caras na hora de construir o aparelho. Justamente os itens onde há mais cortes de custo.


Mesmo assim, existem aparelhos que são acima da sua média em algum desses quesitos. Como, por exemplo, o LGK40S (R$700) que entrega uma tela de ótima qualidade para sua faixa de preço.


Além disso, ele também traz 3GB de RAM e 32GB de armazenamento. Quantidades muitos boas para um celular na faixa do R$700.


Outro exemplo é o Moto G8 Power, que entrega uma bateria de 5000mAh (enooorme) na faixa dos R$1400. Ou o próprio Moto One Vision que tem como propósito trazer uma câmera acima média por volta dos mesmos R$1400.





Mas nenhum deles excede em vários (ou todos) os principais pilares de um ótimo celular. Justamente por causa dos cortes de custos feitos.


O problema é saber se os sacrifícios daquilo que você não precisa tanto não vão deixar você na mão.


Quem sabe você não precisa tanto de bateria, mas ter uma bateria horrível também prejudica a experiência de uso.


Como disse antes, por mais que haja ajuda na internet com dicas e ideias do que comprar, apenas alguém que conhece você pode, de fato, ajudar precisamente.


Essa é a nossa expertise, nosso carro-chefe. Vamos perguntar para você sobre seu jeito de uso, o que você mais precisa em um celular e, a partir disso, usamos nosso conhecimento sobre o mercado de celulares para te mostrar o aparelho perfeito para você.


Todo esse sistema foi automatizado para que você não perca tempo.


Além disso, após o resultado, criamos uma seção que te mostra o porquê acreditamos que aquele aparelho é ideal para você.


Também temos suporte para acompanhar você durante e depois do processo, caso haja alguma dúvida.





DICA DE EXPERT


Vários sites e empresas têm interesses por trás de seus artigos que "procuram ajudar o consumidor".


Muitos trabalham com comissão ou vendem celulares diretamente. Logo, faz sentido indicar aquele modelo que traz maiores margens de lucro.


E não estou dizendo que eles não prestam, nem nada disso. Eles estão atrás dos próprios interesses, assim como você e eu.


Por isso, é importante que você esteja alinhado com pessoas que têm o mesmo interesse que o seu.


Pessoas que não tenham outro interesse além do seu. Pessoas que queiram, de fato, ajudar você a encontrar o que se adapta ao seu uso (e seu bolso).


Por isso, criamos aquilo que realmente acreditamos mais ajudar você.




O QUE PODEMOS DIZER PARA ENCERRAR ESSE ASSUNTO, ENTÃO?


Quero concluir dizendo que você pode passar horas pesquisando e tentando entender qual é o melhor modelo para você.


Mas isso não precisa ser uma realidade mais. Você pode contar com a gente.


Voltando ao assunto de qual celular comprar, o mais importante é ter mente daquilo que você mais precisa em um celular e o preço que você está disposto(a) a pagar por ele.


A partir disso, você pode direcionar melhor sua pesquisa e ter uma chance maior de acertar.


Fique ligado(a), também, nos novos lançamentos.


Por exemplo, hoje em dia é possível comprar o A51 e o A50, ambos modelos intermediários da Samsung. Como você pode imaginar, o A51 é o mais recente.


Hoje ele está um pouquinho mais caro, mas vale cada centavo a mais pelo que entrega. Por isso, toda atenção é pouco.





Tente pensar em todas essas variáveis na hora escolher seu próximo celular. Inclusive, nosso processo de análise e seleção dos melhores modelos possíveis têm alguns desses passos.


Nós levamos em consideração dezenas de critérios para a análise de mercado, tudo pensando na melhor forma de te ajudar.


Enfim, espero que esse artigo possa ter dado alguma luz nessa pesquisa por um novo celular. Se precisar, saiba que pode contar com nosso apoio e expertise nessa jornada.


Obrigado por chegar até aqui. Boa procura e forte abraço!



© 2020 Bleck. Todos os direitos reservados.